08 agosto 2011

Denuncia: alguns esmaltes podem provocar alergia e câncer

Olá meninas e meninos

Hoje recebi um e-mail sobre uma reportagem cujo assunto era a possibilidade de que alguns esmaltes poderiam causar alergias e câncer

Não sei nem o que falar... Será que é verdade? Mentira?



Como fiquei muito assustada, acho bom alertar a todos sobre essa possibilidade. Essa reportagem saiu na PROTESTE (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor) . 

Então, disponho a vocês a reportagem na integra sem nenhuma edição:


Esmalte: alguns podem provocar alergia e câncer




Substâncias que podem ser prejudiciais à saúde foram encontradas na maioria dos produtos testados.

Comparamos a qualidade dos esmaltes, considerando a sua durabilidade, abrasividade, tempo de secagem e brilho. Entre as conclusões a que chegamos, destacamos três resultados: o melhor do teste (que também é uma das escolhas certas) é antialérgico, apesar de não divulgar em seu rótulo; uma das marcas que se diz antialérgica, na realidade, não é.

O grave, porém, é que alguns dos produtos mais vendidos do país contêm ingredientes que podem provocar não apenas alergias, mas também câncer.

Fórmulas com toluene em excesso

Em geral, os esmaltes trazem vários componentes que podem ser prejudiciais à saúde. Por isso, medimos a concentração dos mais prováveis de serem encontrados nesse tipo de produto – e encontramos altas concentrações na maioria dos produtos testados. As substâncias analisadas – cujos nomes apresentamos da maneira como aparecem no rótulo dos esmaltes – foramdibutyl phtalate (banido em cosméticos, inclusive esmaltes, em toda a Europa), nitrotoluene, toluene e furfural (compostos comprovadamente cancerígenos).

No caso do dibutyl phtalate e do nitrotoluene, não existem referências aos mesmos na legislação brasileira. Já toluene e furfural não possuem limites para uso em nossa legislação. Analisando pelas normas europeias, a quantidade máxima permitida de toluene é de 25% (250.000 mg/kg) e a de furfural, 360 mg/kg.

Os únicos produtos brasileiros que poderiam ser comercializados nos países europeus são os da Colorama e os hipoalergênicos da Risqué. Os produtos da Impala (inclusive os da linha hipoalergênica) contêm dibutylphtalate e toluene em concentrações muito altas e os produtos tradicionais da Risqué apresentam nitrotoluene e toluene em grandes quantidades. Por isso, esses produtos receberam uma avaliação ruim nesse item, o que prejudicou sua avaliação final.

Última atualização em Abril de 2011





Nossa, tanto nomes diferentes, esquisitos... Deste modo, procurei no Google (conhecido como pai dos burro, professor saba tudo etc.)  as substâncias descritas na reportagem. Olha o que achei:


O que é TOLUENE?
Tolueno deriva do benzeno, que pode ser usado como solvente. 
Riscos: A inalação em baixos níveis pode causar confusão, tontura, dores de cabeça, fraqueza, perda de memória, apetite, visão ou auditiva. Quando muito inalado, a pessoa corre sérios ricos neurológicos, como perda da consciência dano cerebral e depressão, podendo levar a morte. Em mulheres grávidas o risco é até maior, podendo comprometer a formação do feto.

O que é DBP? 
Pode ser absorvida pelo nosso organismo e ir se acumulando até causar um problema grave. O pior de tudo é que no banho ou ao lavar as mãos, essa toxina vai sendo retirada do esmalte e acaba entrando em contato com a pele, sendo absorvida. É o maior culpado pela alergia a esmaltes. 
Riscos: Pode afetar o sistema imunológico, causar choque anafilático, dificuldades respiratórias, pressão baixa e até morte.


O que é Formaldeído
Outro grande culpado pela alergia aos esmaltes. Seu resultado comum é a dermatite (inflamação da pele). Por evaporar muito fácil, apresenta um risco maior para nossa saúde. 
Riscos: Seu uso regular pode causar câncer. Ele pode irritar as mucosas, principalmente olhos e garganta. Além disso, faz muito mal para quem tem problemas respiratórios, como asma, rinite e sinusite.


É... o negócio é mais sério do que se pensa...
Agora fiquei muito receosa. O que devemos fazer? Olhar as fórmulas para comprar?


Fontes: PROTESTE e Glamouragem / Folha de Palmeira



6 comentários:

http://www.hoursofgirls.com.br/ disse...

Eu vi essa denuncia na revista Proteste e fiquei assustada!
Vai vendo! A gente achando que está tudo bem e estamos nos contaminando com um simples esmalte!
Beijo!

paula disse...

eu tenho alergia a esmalte - descobri há uns 7 anos [hoje em dia tenho 25 anos]. os componentes que me dão alergia são o formaldeído e o tolueno. pra você ter idéia, o formaldeído é um dos componentes da escova progressiva. a que eu uso atualmente, inclusive, tem escrito em letras garrafais na frente da embalagem que é 'formaldeído free'.

descobrir a alergia, na época, foi complicado, só foi diagnisticada quando consultei um segundo dermatologista - o primeiro não identificou como alergia a esmalte. o ponto é que não dá alergia nas mãos ou nos pés, mas em áreas mais sensíveis que entram em contato com o esmalte - como o pescoço e os olhos. dá coceirinha e fica ressecado, soltando pelinhas, e dá um aspecto feio. hoje em dia é bem mais fácil sacar quando a alergia é a esmalte, mesmo porque tem MUITO mais gente ciente da alergia mesmo antes de ter qualquer sintoma [explico: você nasce com todas as suas alergias e elas surgem ou não, depende de vários fatores. então, mesmo sem sintomas, se você fizer testes no dermatologista, esses testes podem indicar que você tem alergia a esmalte ou a tabaco ou poeira etc, mesmo sem você ter nenhum problema, por enquanto, com tais itens. então é um ótimo jeito de já se prevenir].

quando descobri a alergia foi complicado, só havia esmaltes hipoalergênicos bons da risqué e todos eram bem mais caros que o preço de esmalte normal - custam em média 12 reais. além disso, a gama de cores era pobre, tanto que passei anos usando apenas carmim e gabriela.

acho que ano retrasado fui a uma loja procurando esmaltes pra alérgicas e a vendedora me avisou que a colorama não estava mais usando formaldeído e tolueno em seus esmaltes. eu saltitei de felicidade, claro.

mesmo assim, toda vez que vou comprar esmalte dou uma lida nos componentes da fórmula pra garantir que não tem nada pra me prejudicar. pelo o que me lembro a impala tem esmaltes hipoalergênicos também, mas quando comprei não gostei nem um pouco da fórmula, eram ralos e não secavam nunca.

nossa, que gigante esse comentário! mas achei importante contar pra vocês porque é uma alergia super comum e às vezes a gente está tendo problemas na pele por conta dela e nem desconfia que pode ser culpa dos esmaltes.

beijo

Lucy Neon Katz disse...

Como farmacêutica vou te afirmar algumas coisas: TUDO com o que vc tem contato pode causar alergia, absolutamente TUDO, desde corantes de suco até a roupa que vc veste.
CÂNCER o ar que vc respira também causa, por que afinal, além de você respirar gases tóxicos, o metabolismo do oxigenio gera radicais livres que também causam câncer. Então, não desesperem, podem continuar usando esmaltes á vontade! Inclusive, foi bom vc ter postado isso, vou usar meus conhecimentos pra desmentir essas coisas no meu blog =]


makeuprocker.blogspot.com

Lucy Neon Katz disse...

e antes que reclamem, eu NÃO disse que esmaltes não dão alergia, eu disse que TUDO pode dar alergia, então é bom SIM ficar de olho, agora quanto ao cancêr, é baboseira

juliana g. disse...

eu nem comento
sou mega alérgica
não posso com nenhum =(

Lila Czar disse...

Eu acho que tudo o que é químico tem prós e contras, inclusive esmaltes. Ao ponto de causar câncer, pode ser um pouco de alarmismo, mas a gente vive pendurada em celulares e dziem que causa câncer e outros males. É complicado, né?
Lila Czar
seviracom30.blogspot.com

Postar um comentário

Muito obrigada pelo seu comentário! Sua participação é muito importante!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...